Febre do feno

As alergias ocorrem quando nosso sistema imunológico identifica erroneamente uma substância normalmente inofensiva como uma ameaça ao corpo. Há uma reação inflamatória quando o corpo tenta eliminar a substância do sistema, resultando em uma série de sintomas.

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) utiliza uma combinação de acupunctura e de ervas medicinais para tratar alergias. Tradicionalmente, o objectivo da MTC é de promover o fluxo de Qi, ou energia vital que atravessa vários canais do organismo. A medicina chinesa identifica as alergias como “invasão de vento”, “wei qi” ou “Qi defensivo” fraco. O pulmão e o Qi (energia) estão encarregados da defesa no sistema imunitário e são responsáveis pela inalação do ar. É o órgão intermediário entre a pessoa e o ambiente, através do nariz e da garganta. Assim, os pulmões são facilmente atacados por factores patogénicos externos (vento, humidade, secura, calor e frio) e são por vezes referidos como um órgão delicado e vulnerável à invasão por factores climáticos.

Nas alergias sazonais, como a febre do feno, o diagnóstico mais comum é o vento e a umidade. Essa combinação provoca um ataque repentino de sintomas: espirros, coceira nos olhos e na garganta, sensação de peso na cabeça e excesso de muco.

Os tratamentos visam resolver os sintomas-chave assim como a raiz da doença que possa ser diagnosticada. A acupunctura trata as alergias ao regular uma melhor resposta inflamatória aos alergénios. As ervas medicinais (ou fitoterapia chinesa) actuam na mesma forma por reduzir as reacções inflamatórias e melhorando as defesas do sistema imunitário de todo o organismo.

O tratamento consiste em tonificar e equilibrar os órgãos deficientes do corpo e expulsar qualquer agente patogénico exterior, toxina ou calor, que esteja presente. O fortalecimento do sistema imunitário ou seja, fortalecer e aumentar a imunidade dos pulmões para melhorar a defesa contra patógenos antes da época das alergias pode ajudar a reduzir os sintomas da rinite alérgica.

Idealmente, de uma forma mais preventiva os tratamentos podem ser começados 4 a 6 semanas antes do aparecimento de sintomas. Numa forma mais aguda e se já está com sintomas marcados também a medicina chinesa pode dar uma muito boa resposta aliviando os espirros, comichão, olhos avermelhados e pingo do nariz. Se já está a tomar medicação para as alergias, então a acupunctura e fitoterapia podem ajudar a diminuir as doses e eliminar de vez os sintomas.